Estoques menores Geram Lucros MAIORES

Ao pensar em estoque menor, a princípio você pode pensar:

Ah! A empresa vai querer vender menos então.

Pensar que quanto menos estoque menor é o lucro não está correto, e também não é correto pensar que quanto mais estoque mais a empresa irá vender.

Não adianta a empresa ter muito estoque e não vender, isso só gera estoque e diminui o lucro. Ter muito estoque não quer dizer que a empresa irá vender.

Também não adianta a empresa não ter o que o cliente precisa.

O que a sua empresa precisa ter no estoque é aquilo que o seu cliente irá comprar. Sua empresa precisa ter somente o necessário, nem mais nem menos.

É uma falsa impressão pensar em ter estoque na empresa para quando o cliente precisar ter para vender. Estoque na empresa é dinheiro parado e a sua empresa não quer ter dinheiro parado, não é?

Estoques menores Geram Lucros MAIORES

Estoque Organizado

 

Então chegaremos a conclusão de que estoques menores geraram lucros maiores. 

Quando a sua empresa começar a reduzir estoque o primeiro departamento que ficará preocupado será o de departamento de Vendas, e normalmente o que se houve falar é que: 

1) Teremos problemas de atendimento a nossos clientes;

2) A empresa quer fechar as portas;

3) Corremos o risco de não atender nossos clientes a pronta entrega;

4) Os nossos concorrentes continuarão tendo estoques a pronta entrega, mas nós não.

Essas são algumas frases que remetem a uma situação difícil, gerando conflito entre Vendas, Produção, Suprimentos e Planejamento – departamentos com interesses diferentes.

O interesse de Vendas é atender o cliente e, para isso, acredita que para isso a empresa precisará manter estoques altos, pois o “concorrente tem material a pronta entrega”. Em alguns casos, por exemplo já presenciei o departamento ter solicitado um lote de um produto e este foi vendido somente 20% do que foi produzido, ficando o restante parado no estoque.

O departamento de vendas esqueceu de analisar o custo de armazenagem desse estoque.

Por outro lado, a Produção sofre pressão da diretoria para produzir com o menor custo, mas para isso alega a necessidade de fabricar grandes lotes.

Já Suprimentos, por sua vez é pressionado para fechar boas negociações com os fornecedores, e justifica que para isso será necessário comprar lotes maiores para obter descontos consideráveis.

Em meio a todo esse “tiroteio” está o departamento de Planejamento de Estoque, responsável pela gestão de todos os processos de estoque.

Em termos práticos, a diretoria:

Cobra a Produção:

  1. Por que a empresa está com pedidos atrasados?
  2. Por que tem atrasos de produção?
  3. Por quê os custos operacionais que estão altos?

Pressiona Vendas para vender ainda mais.

Cobra Suprimentos para negociar melhor com os fornecedores.

Questiona o Planejamento sobre a alta quantidade de produtos estocados.

Cada departamento faz a sua parte, mas interesses de cada departamento são diferentes e isso faze com que gere conflitos, isso acontece porque o objetivo principal da empresa está sendo deixado de lado.

De forma planejada e consensual, é preciso integrar os departamentos para atender o cliente com mais eficácia e obter melhores resultados, com estoques menores e gerar maiores lucros.

Para fazer isso é necessário que:

  1. Todos os departamentos entendam a real necessidade do cliente
  2. O Planejamento de Estoque precisará analisar as informações geradas por todos os setores da empresa.
  3. Vendas precisa identificar as necessidades dos clientes e compartilhar a informação com os departamentos envolvidos.
  4. A Produção deve ser flexível, produzindo lotes grandes e pequenos, e melhorar os processos para reduzir custos produtivos.
  5. Suprimentos precisará focar em negociações em grandes volumes e também em pequenos volumes e com entregas parciais.

O consenso entre os setores possibilitará à empresa satisfazer as necessidades de seus clientes e a redução dos estoques irá contribuir para melhorar os seus lucros que será uma consequência dessa organização no fluxo de informação.

 

Leia também “7 Problemas na Administração de Estoques e Como Resolvê-los

 

 

Um Grande Abraço

Força, Fé, Coragem, Perseverança, Amor, Disciplina, Atitude e Otimismo

Celso Luchezzi