Olá!

Tudo bem com você?

 

Nesse artigo vou falar sobre o lado oculto da concorrência de mercado.

Esse é um tema muito discutido, e diria que cresceu a partir da abertura do mercado brasileiro onde começamos a ter uma  “concorrência do mercado externo” mais acirrado entre as empresas.

 

Mas para se manter no mercado é preciso ter disciplina, perseverança e força de vontade.

 

Em uma visão mais ampla, a concorrência de mercado é saudável para o crescimento, tanto das empresas quanto os trabalhadores, porque estimula a criatividade.

Tanto empresas quanto os trabalhadores, quando tem a concorrência, ambos são pressionados a saírem de suas zonas de conforto para irem à luta.

A concorrência provoca nas pessoas e nas empresas, a necessidade de fazer os mesmos produtos, ou os mesmos serviços, porém de formas diferente com custos menores.

E além do custo menor, é preciso ter menos desperdício, produzir e atender os clientes com mais agilidade, qualidade e assertividade nas entregas.

Podemos dizer também que as empresas em alguns casos, investem em novas tecnologias, para mudarem mudando seus processos, com a finalidade de fazerem melhor para atender melhor os clientes.

 

Na verdade, a concorrência mostra para as pessoas e para as empresas a necessidade de mudar a cada dia, pois as mudanças precisam ser constantes.

 

A toda hora as coisas mudam.

O certo é mudar.

Mas para mudar tanto pessoas quanto as empresas precisam sair dos seus casulos, quebrar os seus muros (que muitas vezes são colocados por elas mesmas), quebrar seus paradigmas, quebrar as resistências e enfrentar seus medos e encarar os desafios.

Melhor ainda, é ver os problemas que antes não eram vistos como forma de crescimento e aprimoramento.

E a partir do momento que os problemas, os desafios são vistos como mais uma “atividade ou tarefa” e não mais como um “peso” ou um “bicho papão”, ou seja, o que poderia ser pesado se torna leve.

Por exemplo, ao encontrar uma solução para:

1) Produzir com custo menor,

2) Reduzir tempo de separação de uma carga,

3) Entregar sem danificar a embalagem,

4) Aumentar o número de entregas no prazo.

 

Ao conseguir fazer essas melhorias às pessoas passam a ver que é possível, e isso serve de motivação na busca de outras melhorias.

 

Mas isso não é uma tarefa fácil, é preciso muita disciplina, perseverança e força de vontade para encarar os medos e os desafios de “peito aberto”.

Para continuidade disso ambos (pessoas e empresas) precisam ter o mesmo objetivo, o crescimento.

Espero ter ajudado. 

 

Se você tem alguma pergunta escreva para luchezzi@luchezzi.com terei o maior prazer em te ajudar

 

Ajude outras pessoas, compartilhe esse artigo.

Leia também: 

O Que Quero Vender Não Tem Estoque! E agora?

3 SACADAS para Evitar Atraso de Entrega

5 Sacadas para AUMENTAR os Lucros da sua Empresa

 

Um Grande Abraço

Força, fé, coragem, perseverança, amor, disciplina, atitude e otimismo!

Celso Luchezzi