Olá!

Tudo bem?

Para atender um cliente normalmente é preciso ter um bom vendedor não é mesmo?

E na hora do atendimento avaliamos se o vendedor:

  • É atencioso
  • Se está bem vestido,
  • Se tem boa aparência
  • Se é educado
  • Se responde com clareza as dúvidas sobre o produto

 

Essas características, são muito importantes sem dúvida.

Mas para atender um cliente, não é somente isso.

Tem uma série de coisas que estão por trás.

Existem uma série de coisas que estão por trás. Estas outras coisas é o que chamo de “os bastidores do atendimento ao cliente”.

E uma delas é entender o que acontece com o estoque, sendo ele o foco desse artigo.

 

É muito bacana quando entramos em um estabelecimento comercial e o produto que procuramos tem no estoque.

Em uma empresa, nós como clientes ficamos satisfeitos quando ligamos buscando um produto, este tem em estoque.

Isso é atender bem um cliente, ou também podemos dizer que é atender de imediato ou a pronta entrega.

 

Conhecer o cliente e as suas necessidades é uma obrigação de quem quer vender e continuar vivo no mercado.

Porém é necessário ressaltar que atender um cliente não é uma tarefa das mais fáceis.

Por que em muitos casos o nosso cliente também não sabe o que ele quer exatamente.

Ainda mais se a empresa tem uma série de produtos.

A variedade de produtos acaba gerando uma série de dúvidas na cabeça do cliente. O que para mim é normal.

Nesses casos eu me coloco na posição do cliente e também tenho dúvidas. Quando isso acontece é bacana ter uma equipe de vendas bem preparada, mas é preciso também ter no estoque os produtos que o cliente compra, porque não adianta nada fazer a frente junto com o cliente se não tem material para vender.

Quando o seu comércio ou sua empresa não tem o produto que o cliente precisa, você corre o risco de o seu cliente comprar do seu concorrente.

O que pode até acabar levando seu cliente a buscar o seu concorrente em uma outra necessidade e consequentemente deixar de comprar novamente de você.

Em geral a ruptura de estoque representa, uma perda média de vendas de 5 a 10%.

No comércio, especificamente em um supermercado, chamamos isso de ruptura de estoque.

A ruptura de estoque é um termo que também pode ser usado na indústria, ela é definida como a falta de um produto quando o cliente for comprar.

Na indústria chamamos a ruptura de estoque de quebra de estoque.

O mais importante não é saber os nomes técnicos, mas sim saber:

O que levou a ruptura de estoque? (no comércio)

O que levou a quebra de estoque? (na indústria)

 

Nesse momento quando ocorre a ruptura de estoque ou quebra de estoque na maioria das vezes o que acontece é que as pessoas de vendas ou o dono do comércio, ficam preocupadas em saber:

Quem é o culpado?

 

Perde-se muito tempo na busca de crucificar alguém e acabam deixando de lado a solução do problema.

Achar o culpado não é o mais importante quando falta estoque.

Ao invés das pessoas ficarem perdendo tempo na caça do culpado, o que precisa ser feito é saber as causas do que levaram a empresa estar com falta de estoque e buscar uma solução para atender o cliente.

 Sempre irei repetir saber o culpado e crucificá-lo não resolverá os problemas, é perda de tempo

O mais importante, sim é se preocupar o que está levando a essa quebra de estoque ou ruptura de estoque e solucionar o problema.

 

As 3 Dicas para solucionar problemas de ruptura de estoque ou quebra de estoque são:

1) Montar um processo para evitar

2) Orientar as pessoas

3) Definir um novo processo

A proposta é amenizar ao máximo essas ocorrências e evitar que problemas como esse venham ocorrer no futuro.

Quando o trabalho com estoque é bem feito, o administrador de estoque sempre estará se antecipando e conseguirá ver com antecedência aonde poderá vir a ter problemas para evitar as perdas de vendas.

 

Ao procurar evitar esse tipo de problema você estará fazendo exatamente o contrário, ou seja, você estará sendo pró ativo.

A sua proatividade te permitirá antecipar ao problema, que possa vir comprometer o atendimento da empresa junto com o cliente.

Se a sua empresa que ser competitiva e se as pessoas que trabalham querem continuar com seus empregos, todos, desde o mais alto nível até o mais baixo nível hierárquico dentro da empresa, precisam ter uma única coisa em mente que é:

Atender bem o cliente, pois ele é a razão da existência da sua empresa e procurar entender as suas necessidades.

Isso não é uma obrigação, mas sim uma necessidade.

 

Pense nisso…

A cada dia que passa procurar saber mais sobre as necessidades dos clientes, trocar informações internamente ou entre os responsáveis é muito mais importante do que buscar um culpado.

Me ajude a ajudar outras pessoas, compartilhe esse artigo.

 

 

 

Leia também:

Os 10 Mandamentos da Gestão de Estoques

A Importância de Fazer Controle de Estoques

Como Planejar e Controlar Estoques

 

Espero ter ajudado!

 

Se você tiver alguma dúvida escreva para mim luchezzi@luchezzi.com terei o maior prazer em responder. 

 

 

 

Um Grande Abraço

Força, Fé, Coragem, Perseverança, Amor, Disciplina, Atitude e Otimismo

Celso Luchezzi